Como funciona o seguro contra enchente e alagamento?

Como funciona o seguro contra enchente e alagamento?

Com as fortes chuvas, como as que ocorreram nos primeiros meses de 2019, aumentou-se a procura por seguro contra enchentes e alagamentos, mas afinal, como ele funciona?

 

Acidentes dessa natureza têm acontecido com mais frequência e com uma força de destruição muito maior, pegando a todos de surpresa: empresas, moradores e pessoas que apenas estão de passagem. Nesse artigo mostramos como essas coberturas funcionam no seguro auto e residencial. Vamos começar entendendo alguns fundamentos importantes. Acompanhe!

 

Diferença entre enchente, inundação e alagamento

 

Apesar de parecerem sinônimos, essas palavras têm uma definição diferente, e isso é aplicado para o seguro, então é importante entender.

A enchente é o aumento do nível da água de um rio que acontece por causa da chuva. A inundação é quando as águas em determinado canal de drenagem transbordam e inundam determinada região. Já o alagamento ocorre quando há o acúmulo de água em determinado local, ocorre por falta ou insuficiência do sistema de drenagem, como no caso das vias públicas que ficam cheias após uma chuva.

 

O seguro residencial cobre enchentes e alagamentos?

Os seguros contra enchente ou alagamento são vistos pelas seguradoras como uma necessidade pontual de cada cliente, por isso essas proteções entram como coberturas adicionais. A maior parte das proteções básicas contém cobertura: contra incêndio, explosão e fumaça. As demais são tidas como adicionais, entre as possibilidades as mais comuns são: furto e roubo, vendaval, queda de granizo, desmoronamento, danos elétricos, responsabilidade civil, entre outros. É importante conferir se a seguradora escolhida tem esse serviço, pois não são todas que oferecem.

 

No caso de empresas existe o chamado seguro patrimonial, que visa proteger praticamente tudo relacionado à organização: equipamentos, veículos, colaboradores e mais.

Quanto mais amplas as proteções, maior será o valor do seguro. Coberturas básicas muito amplas seriam mais custosas, então com a opção de escolher as coberturas adicionais, o seguro fica mais vantajoso e acessível, tendo apenas o que realmente é importante para cada cliente.

 

Diferente das crenças populares, o valor do seguro residencial não é alto, não chega a 1% do valor do imóvel. Falamos disso em nosso artigo: Quanto custa um seguro residencial?

 

Seguro auto é obrigado a cobrir enchentes e alagamentos?

 

No seguro auto é possível contratar proteção adicional contra alagamentos e enchentes, mas muitas pessoas são surpreendidas ao acionar o sinistro e ter seu pedido de indenização negado. Entenda porque isso pode acontecer.

 

Por exemplo, se acontece um alagamento e seu veículo está estacionado na rua, ou os veículos da sua frota estão no pátio, a seguradora cobrirá os danos causados ou te indenizará. Entretanto, se o condutor se coloca em situações de risco, enfrentando ruas alagadas, forçando o veículo mesmo sabendo que ele não tem condições, a seguradora não cobrirá os danos.

 

É importante saber como agir nessas situações, principalmente para não se colocar em um risco ainda maior. Durante enchentes, alagamentos e inundações, o recomendável é não tentar dar a partida no veículo caso ele tenha morrido. Também não se deve atravessar um trecho onde o nível da água esteja maior que o limite para travessias estabelecido pela montadora.

 

Está pensando em contratar ou trocar de seguradora? Para fazer uma boa escolha, confira nosso artigo:  5 pontos para analisar antes de contratar uma seguradora.

 

Copyright © Cloud All Rights Reserved.
Desenvolvido por Bring